top of page
ANSIEDADE

Hoje em dia quem não é um pouco Ansioso? Todos nós! Em tempos da internet, tudo é pra ontem! Além disso, as grandes exigências da vida são um das maiores fontes de Ansiedade. Atualmente, não há lugar para o fracasso, para o erro, fragilidades, incertezas, faltas... não podemos admitir dúvidas, medo, tristeza, o não saber.  Toda essa cobrança e exigência tem provocado muita Ansiedade, pois sempre falta alguma coisa, a gente se sente em falta, em dívida, em déficit o tempo todo. 

 

Quais são os principais sintomas da Ansiedade?

Os sintomas mais comuns do Transtorno de Ansiedade Generalizada são:

  • angústia (sofrimento psíquico);

  • distúrbio do sono (insônia) e alimentar (falta ou excesso de apetite);

  • dificuldade de concentração;

  • disfunção erétil (ejaculação precoce ou impotência);

  • redução da libido;

  • desarranjo intestinal;

  • dificuldade na digestão;

  • inquietação constante;

  • dificuldade de relaxar, de se desligar, tensão muscular, entre outros.

Boa parte desses sintomas pode trazer muitos prejuízos à nossa vida, e, um bom acompanhamento psicológico pode ser uma das formas mais eficazes de tratamento.

 

Transtorno de Ansiedade Generalizada é a mesma coisa que Crise de Ansiedade?

Não, numa Crise de Ansiedade, os principais sintomas são:

  • palpitações cardíacas, sudorese (suor excessivo), tremores;

  • sensação de asfixia (falta de ar);

  • dor forte no peito, náusea;

  • sensação/ medo de ficar louco;

  • pensamentos obsessivos;

  • medos irracionais incontroláveis;

  • vontade de sair correndo;

  • sensação de desemparo.....

É possível controlar a Ansiedade sem medicação? A psicoterapia pode "curar" meus sintomas da Ansiedade?

Sim, a psicoterapia pode ajudar na redução ou controle dos Sintomas da Ansiedade, mesmo sem o uso de medicação! Na minha experiência clínica - mais de 18 anos, tive a felicidade e o privilégio de tratar de alguns pacientes - agradeço pela confiança - com queixas de Ansiedade, que chegaram com alguns sintomas como dificuldade de concentração, perda de memória, desânimo generalizado/ indisponibilidade acentuada, distonia muscular, síndrome do intestino irritável (diarreia), insônia, náusea, queda de cabelo, prurido (coceira), dermatite seborreica (caspa), entre outros. Juntos, em parceria, eu e o paciente trabalhamos no processo de análise e os sintomas foram cedendo até não mais incomodar o paciente, mesmo sem o uso da medicação.

Portanto, sim, podemos considerar que houve "cura" desses sintomas. Bem como a angústia e o desconforto psíquico foram acolhidos e cuidados ao longo do processo de análise. Eu até consideraria a psicoterapia bastante eficaz no tratamento da Ansiedade!

bottom of page